Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Digo eu

Digo eu

Pára, escuta e olha

 

 

 

Pára, escuta e olha! 

Anda para a frente mas não te sintas inferior se deres um passo atrás.

Olha para cima, para baixo e para os lados. 

Olha à tua volta. 

Olha para dentro e para fora. 

Pondera todas os ângulos, todos os cenários e todos os rastros.

Aceita tudo o que vier, na hora que chegar. 

E nesse vai e vem, nesse cair e levantar, nesse mundo cheio de primazias e desvantagens, cheio de alegrias e tristezas, nunca te esqueças de amar.

Ama com todas as tuas forças e nunca fiques pela metade. 

Não sejas um pau mandado, um triste ou um medroso.

Sê inteiro, sincero e apaixonado. 

Entrega-te de corpo e alma às tuas crenças, aos teus desejos e à tua dignidade.

Não tenhas vergonha de falar. Expõe, critica e elogia. 

Acredita!

Vai!

Faz!

Não andes à superfície onde nada é distinto. Vai até ao fundo para ver a verdade. 

Faz o teu caminho ao andar. 

Aproveita as sombras e as luzes, o sol e o luar. 

Perde-te e situa-te. 

Descobre e constata. 

Contempla e analisa. 

Medita e imagina.

Sonha! 

Voa!

Sai! 

Sai de ti e volta a entrar, quantas vezes forem necessárias,

até aceitares todos os ciclos que fechas e abres. 

Faz tudo isso e muito mais, 

mas nunca deixes de amar. 

Ama-te a ti aos outros.

E sê feliz ao te encontrares.